Busca


  Notícias

Encontro Luso-brasileiro: políticas científicas e agências de fomento

Em comemoração do Ano de Portugal no Brasil, Museu de Astronomia, no Rio de Janeiro, promove evento para discutir o papel das agências financiadoras de projetos no desenvolvimento das ciências e tecnologia em cada um dos países

Em função das comemorações do Ano de Portugal no Brasil, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) promove, nos dias 21 e 22 de março, o Encontro Luso-brasileiro: políticas científicas e agências de fomento, organizado pelos pesquisadores em História da Ciência Heloisa Maria Bertol Domingues (diretora interina do MAST), Alex Varela (MAST) e Maria Margaret Lopes (Unicamp), com o apoio do Programa de Cooperação em Ciências Sociais para os Países de Língua Oficial Portuguesa (MCTI/CNPq) e do MAST.

O evento tem o objetivo de discutir o papel das agências financiadoras no desenvolvimento das ciências e tecnologia em cada um dos países, desde meados do século XX até os dias atuais. O debate proposto por meio de palestras, oficinas de estudos e sessões abertas, se justifica pela preocupação em medir o paralelismo das políticas científicas do Brasil e de Portugal e a inserção de cada um desses países no contexto político internacional de desenvolvimento econômico, incentivo às tecnologias e à inovação.

“No Brasil, as agências de fomento, como a Capes e o CNPq, nasceram em meados do século XX. Em Portugal, a organização de iniciativas e agências correlatas datam do período anterior à guerra e foram retomadas sob bases mais estruturadas no pós-guerra. Assim, interessa também a comparação de legislações, de grandes projetos político-científicos e as estratégias políticas de internacionalização dos dois países no cenário mundial, em diferentes momentos históricos e na atualidade” – explica Heloisa Domingues.

O Encontro Luso-brasileiro se insere no conjunto de atividades dos seguintes projetos do MAST: “Fontes para a História da Ciência no Brasil e disseminação dos Acervos de História da Ciência” e "Subsídios para uma história social da ciência e da formação científica no Brasil (1951-2011)". Em Portugal, as iniciativas partiram do Centro de Estudos de História e Filosofia da Ciência (CEHFCi), Universidade de Évora e do Instituto de História Contemporânea (IHC) da Universidade Nova de Lisboa.

Ao final do evento, serão realizadas reuniões de planejamento de ações para as atividades de projeto conjunto, para a efetivação de acordos de cooperação. Estão programadas, também, visitas de estudo e análises aos Arquivos do Museu de Astronomia, especialmente ao que se refere à documentação antiga do CNPq sob guarda do MAST.
















Local: auditório prédio anexo - MAST
Programação:


21 de março

9:30h - Abertura
“O Encontro Luso-brasileiro sobre Política Científica e agências de fomento” - Heloisa M. Bertol Domingues (Diretora Interina do MAST)
“Cooperação Científica no Ano Brasil-Portugal” - Renato Lessa (Coordenador do Observatório dos Países de Língua Oficial Portuguesa OPLOP - UFF)

10h - Mesa de Abertura – Política Científica Atual
“Acervos das ciências exatas e engenharias no Brasil: panorama e perspectivas” - Marcus Granato (MAST)
“Políticas públicas e acervos de instituições científicas: cenário de desafios” - Paulo Elian (COC/Fiocruz)
“Sobre as relações Brasil–Portugal em história das ciências” - Maria Fernanda Rollo (IHC-FCSH/UNL-Portugal)
“O CNPq e o financiamento da pesquisa em Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil” - Guilherme Sales Mello (Diretor Científico do CNPq)

14h - Memória e política científica: Brasil e Portugal
Coordenadora: Marta de Almeida (MAST)
“Por uma política de arquivos de ciência e tecnologia no Brasil” -Maria Celina de Mello e Sousa (MAST)
“A história e a memória das ciências nas perspectivas das relações científicas entre a FCT e o Brasil” - Paula Meireles (FCT, Portugal)
“Brasil: a preservação da memória da ciência, a tecnologia e as ações no CNPq” - Roberto Muniz (CNPq)


22 de março

10h – Política Científica no Brasil e em Portugal
Coordenação: Maria Margaret Lopes (Unicamp)
“Pela inovação e pela modernidade: política e organização da ciência em Portugal no século XX” - Maria Fernanda Rollo (IHC-FCSH/UNL-Portugal)
“Ciências da Europa para o Brasil ou do Brasil para a Europa” - Magali Romero Sá (COC/Fiocruz)
“Abordagem metodológica no estudo da história do CNPq” - Carlos Alberto Coimbra (MAST)

14h - Política científica no Brasil e em Portugal
Coordenação: Maria Margaret Lopes (Unicamp)
“Práticas científicas, práticas culturais institucionais em Portugal numa Europa global (1910-1940)” - Maria de Fátima Nunes (Universidade de Évora - CEFHCi, Portugal)
“A Circulação Internacional dos Cientistas nos Primeiros Anos do CNPq (1951-1956)” - Alex Varela (MAST)
“Estudos internacionais de universitários brasileiros e mudanças no campo do poder” - Afranio Garcia (EHSS, França)

16:30h - Lançamento do livro Estratégias Educativas das Elites Brasileiras na Era da Globalização
De Letícia Canedo, Kimi Tomizaki, Afranio Garcia JR. Ed. Hucitec, SP

  Menu

Informações Complementares

Histórico
Diretoria
Comissão e Conselho
Convênios
Acordos e Parcerias
Licitações e Contratos
Organograma
Regimento Interno
Relatórios
Plano Diretor
Identidade visual