Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Educação em Ciências
Início do conteúdo da página

Educação não formal e formação de professores

Publicado: Segunda, 10 de Abril de 2017, 21h04 | Acessos: 490

Coordenadora: Sibele Cazelli

Resumo

O objetivo do projeto é fazer com que os professores responsáveis por disciplinas da licenciatura incorporem os museus de ciência como elemento constitutivo da formação pedagógica dos futuros professores. O projeto investiga ainda as atividades educacionais realizadas pelo museu com as escolas, bem como as atividades promotoras de motivação para o aprendizado e valorização do estudo de ciência e matemática.

A função educativa, que há muito transpôs os muros da escola, vem sendo desenvolvida por múltiplos e heterogêneos canais, dentre os quais se encontra o museu, espaço privilegiado dentro do campo da educação não formal. Um dos desafios dos museus, diferente da escola, é o de se atualizarem com o intuito de acompanhar o atual contexto, no qual a sociedade busca aperfeiçoar sua cultura por meio de formas mais amplas de conhecimento que permitem o envolvimento com os vários campos das ideias em diferentes níveis.

O MAST, no âmbito da relação entre a educação não formal e a formação de professores, tem tradição de pesquisas que buscam caracterizar as especificidades das práticas educativas não formais e que têm os museus como espaço de concepção e desenvolvimento dessas práticas. As pesquisas são pautadas pela necessidade de compreender as semelhanças e as diferenças das ações educativas não formais em comparação com outras ações inseridas no universo educativo, composto pela educação formal, não formal e informal.

Conhecendo mais a intencionalidade dos museus, as dimensões de sua pedagogia e o estabelecimento de uma relação museu-escola que vá além do aspecto educativo, existe a possibilidade de que as licenciaturas e os cursos de pedagogia sejam celeiros para a formação de um futuro profissional de educação em museus. Além disso, acredita-se que essa discussão acerca da educação não formal seja capaz de promover a formação de professores diferenciados no uso dos museus, ampliando e aperfeiçoando o capital cultural dos jovens.

Este projeto tem rendido publicações, notadamente na área de educação, destacando-se temáticas associadas: 1) à avaliação formal na educação não formal (elaboração de instrumentos de medição e desenvolvimento de metodologia estatística de análise); 2) à articulação entre universidade, escola e museu: tessituras para a formação de professores; e 3) à relação museu-escola: o MAST e os professores (Encontro de Assessoria ao Professor, parte integrante da atividade Visita Escolar Programada, e o Encontro de Capacitação de Professores para o uso do Astrokit do projeto Olhai pro Céu).

 

Equipe

Patrícia Figueiró Spinelli (Pesquisadora), Carlos Alberto Quadros Coimbra (Pesquisador), Sandra Benitez Herrera (Bolsista PCI), Ana Paula Germano (Bolsista PCI), Aline Miranda e Souza (Bolsista PCI),Isabel Aparecida Mendes Henze (Bolsista PCI), Camila Camarinha (Bolsista PIBIC), Amannda Amorim (Chefe do Serviço - Projetos Educacionais), Edilene dos Santos Ferreira, Joubert Poça Conceição, Thiago da Silva Ribeiro Pereira.


Voltar

registrado em:
Fim do conteúdo da página