Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Documentação e Arquivo > Projetos de pesquisa > A Cultura Científica no Brasil: Espaços Multiusuários de Ciência e Tecnologia no MAST
Início do conteúdo da página

Institucionalização de arquivos pessoais: identificação, tratamento documental e acesso a novas fontes para a história da ciência

Publicado: Quarta, 10 de Maio de 2017, 14h52 | Acessos: 1445

Coordenação: Maria Celina Soares de Mello e Silva; Márcio Ferreira Rangel

Resumo

O presente projeto objetiva estudar os arquivos pessoais como fonte para a memória e a história da ciência. A produção documental de cientistas e pesquisadores na área de ciência e tecnologia é vasta e se constitui em fontes inesgotáveis para a história da ciência. Os arquivos pessoais de homens da ciência vêm sendo utilizados como fontes de informação para a pesquisa histórica, complementando as lacunas existentes na documentação oficial das instituições. A preservação de arquivos pessoais já é uma prática muito valorizada no Brasil e tem sido incentivada, implementada e muito utilizada por pesquisadores de diversas áreas do conhecimento, em busca de informações que normalmente não chegam aos arquivos institucionais. O desafio está em recolher, tratar e tornar disponíveis fontes antes inacessíveis ou desconhecidas, promovendo seu amplo acesso. Através da institucionalização dos arquivos pessoais ao MAST será possível estudar a produção documental dos arquivos pessoais e proporcionar tratamento técnico e específico para a preservação de arquivos de cientistas e profissionais da ciência e tecnologia no Brasil, visando promover o amplo acesso aos mesmos. O projeto também visa estudar a constituição dos arquivos pessoais, realizar levantamento bibliográfico e produzir cronologias sobre os cientistas; estudar e desenvolver metodologias de tratamento documental e disseminação de acervos com vistas à elaboração de normativas e procedimentos; estudar procedimentos técnicos de arquivos pessoais no que se refere à aquisição, identificação, classificação, descrição, elaboração de instrumentos de pesquisa, conservação, acondicionamento e diagnóstico de situação; estudar os gêneros e tipos documentais; estudar e desenvolver melhores condições de guarda dos documentos de acordo com os materiais constituintes; promover a digitalização dos documentos para a preservação dos originais e para disponibilizar na base Zenith para consulta online. As informações estudadas e produzidas durante o projeto serão disseminadas por meio de apresentação de trabalhos em eventos científicos e publicações, como forma de sociabilizar a informação e promover o debate em torno do tratamento, da preservação e do acesso aos arquivos pessoais.

 

Equipe

Maria Celina Soares de Mello e Silva; Márcio Ferreira Rangel; José Benito Yárritu Abellás; Everaldo Pereira Frade; Assis da Silva Gonçalves; Luci Meri Guimarães da Silva; Letícia Ribeiro Vieira (bolsista PCI MAST/MCTIC); Maria Carolina Clares do Nascimento Araújo (bolsista PCI MAST/MCTIC); Elias da Silva Maia (bolsista PCI MAST/MCTIC).


Voltar

registrado em:
Fim do conteúdo da página