Ir direto para menu de acessibilidade.
Release > MAST na 18ª Edição da Semana Nacional de Museus
Início do conteúdo da página

MAST na 18ª Edição da Semana Nacional de Museus

Criado: Sexta, 15 de Maio de 2020, 11h04 | Acessos: 19

Museu de Astronomia e Ciências Afins oferece programação especial, via internet, com conteúdos que ampliam acesso à cultura e à ciência

Para estimular a realização e o desenvolvimento de projetos, pesquisas e atividades museológicas, o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) promove de 18 a 24 de maio a 18ª Semana Nacional de Museus. O tema definido para a edição de 2020 é Museus para a Igualdade: diversidade e inclusão. Esta temporada cultural é ainda mais desafiadora em tempos de combate à pandemia do COVID-19. Mesmo diante das restrições que impedem a realização de eventos presenciais, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) moldou suas atividades para o ambiente virtual para compartilhar um conteúdo de qualidade e divulgar iniciativas para a sociedade.

Entre as atividades elaboradas pelo MAST para a Semana Nacional de Museus, cuja programação completa está em anexo, destacam-se palestras online sobre a Reconstrução da Biblioteca da Academia Brasileira de Ciências, apresentação da exposição A Companhia Estrada de Ferro D. Pedro IIQuiz interativo e também vídeos de especialistas que trazem uma reflexão sobre o atual momento vivido no enfrentamento à pandemia COVID-19. A programação também abrange a Semana dos Buracos Negros, que oferecerá palestras ao vivo com especialistas, debatendo de maneira lúdica e abordando como os buracos negros são retratados na cultura pop, até os aspectos por trás dos bastidores de importantes pesquisas (mais informações abaixo).

Sobre a Semana Nacional de Museus

Em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio), criado em 1977 pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), a iniciativa reserva uma semana de celebração, pois tem, entre seus objetivos, aumentar o potencial de visitação das instituições museológicas e culturais de todo país. A Semana Nacional de Museus ajuda a difundir as diversas manifestações e referências culturais, promovendo o acesso à produção simbólica e à diversidade cultural dos municípios, criando experiências significativas aos visitantes.

MAST promove a Semana dos Buracos Negros
Iniciativa traz uma série de debates interativos com especialistas que abordam estes objetos cósmicos de intensa atração gravitacional

Para aguçar a curiosidade do público sobre o objeto astronômico mais fascinante e misterioso do Universo, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) elaborou a Semana dos Buracos Negros. Entre os dias 18 e 22 de maio, a partir das 15h, especialistas vão debater o tema e aproximar o público dos estudos, pesquisas e até mesmo apresentar como os buracos negros são retratados na cultura pop. A iniciativa busca retratar um dos tópicos da ciência que gera maior interesse do público de maneira interativa, por meio do Canal do MAST no YouTube, acessível pelo link https://www.youtube.com/watch?v=zgX5KhdqVcs&list=PLk2-NAaoUZytDv1P1jw2ECT8hLveTuTzd .

Ao longo da ‘Semana’, cuja programação completa segue em anexo, será possível entender alguns fatores que tornam os buracos negros um tema tão interessante. O livro Breve História do Tempo, de Stephen Hawking, conseguiu em 1988 popularizar os tópicos mais abstratos da ciência para milhões de pessoas, contando em todo momento com a ousadia do leitor para fazer uma rápida viagem da macro à microescala da natureza sem enjoar. Os buracos negros não foram uma invenção de Albert Einstein, mas uma singular consequência das primeiras tentativas de cientistas, como Karl Schwarzchild, de resolver as equações da Teoria Geral da Relatividade, publicada em 1915. Já em 1967, o físico John Wheeler denominou estes objetos como “buracos negros”.

Além de ciência e cinema, as palestras da Semana dos Buracos Negros também vão abordar a relação dos buracos negros com a morte das estrelas, surgimento da formação e evolução das galáxias e a relação entre a pesquisa e teorias que auxiliam na explicação da origem do Universo. Um dos destaques será a participação de Lia Medeiros, cientista que fez parte do Event Horizon Telescope, projeto que apresentou a primeira imagem direta de um buraco negro supermassivo no centro de Messier 87, em 10 de abril de 2019.

 

Programação Semana dos Buracos Negros
De 18 a 22 de maio

Canal do MAST no YouTube – 15h

18 de maio

 - Redemoinhos e máquinas fantásticas: Os buracos negros na cultura pop 
Palestrante: Naelton Mendes de Araújo (Fundação Planetário do Rio)
Convidada: Laila Pedrosa
Mediação: Alanna Dahan (PCI/MAST)

19 de maio
 - Colapsos e densidades nucleares infinitas: Os buracos negros gerados pela evolução estelar
Palestrante: Tatiane Correa (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

- Viagem ao centro das galáxias: buracos negros supermassivos
Palestrante: Isadora Bicalho (LINeA – O Laboratório Interinstitucional de e-Astronomia. – ON)

20 de maio
- Relatividade Geral para Leigos e a Física dos buracos negros
Palestrante: Gustavo Pinheiro (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro)

O Universo no papel e no computador: Simulações de buracos negros e de matéria escura
Palestrante:Carlos Bengaly (Université de Genève)

21 de maio

Uma dança distante e esmagadora: O estudo das ondas gravitacionais
Palestrante: Ricardo Ogando (Observatório Nacional) 

22 de maio

A importância da primeira imagem de um buraco negro
Palestrante: Lia Medeiros (Institute for Advanced Study – National Science Foundation)

Participação

Semana dos Buracos Negros é um evento gratuito. Entretanto, para conhecer melhor o público, o MAST solicita o preenchimento do Formulário de Inscrição (https://forms.gle/Hg4TjHVop2n4AXHg7).

A ideia é saber um pouco mais sobre os interessados no tema para produzirmos conteúdos que atendam às demandas com mais efetividade. Ao final do preenchimento, você pode solicitar o Certificado de Participação.

registrado em:
Fim do conteúdo da página