Ir direto para menu de acessibilidade.
Últimas Notícias > Ciência e Cultura: "Eu não consigo respirar!"
Início do conteúdo da página

Ciência e Cultura: "Eu não consigo respirar!"

  • Criado: Segunda, 22 de Junho de 2020, 13h11
  • Acessos: 81

Em maio, durante uma abordagem policial em Minneapolis (EUA), o afro-americano George Floyd morreu asfixiado. A ação gerou uma série de manifestações pelo mundo reivindicando justiça. A frase “I can’t breathe” (Eu não consigo respirar, em português), foi repetida incessantemente por Floyd, enquanto era sufocado por um policial, e virou slogan associado ao movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam).

A imagem da asfixia pode ser considerada um paradigma ético e estético do nosso tempo. Um tempo marcado não apenas por uma doença que ataca o sistema respiratório, como pela continuidade da violência contra a população negra, que hoje ecoa as palavras finais de George Floyd. A edição do projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia aborda o tema com o poeta Marcelo Reis de Mello, mestre em Estudos de Literatura e doutorando em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense. Ele conversa sobre a dimensão imprescindível da arte, que propõe a linguagem como uma "mudança de respiração". Ao longo do debate, Marcelo Mello analisa textos importantes e seus contextos históricos, chegando um pouco mais perto de entender o que essa asfixia representa e significa.

Clique na imagem para assistir


Sobre o projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia

O COVID-19 tem gerado mudanças significativas na vida da população e seus impactos em nossa sociedade ainda não podem ser totalmente dimensionados. Por isso, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) desenvolveu o projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia, uma série de debates com especialistas de diferentes áreas das ciências humanas para analisar as repercussões da proliferação do coronavírus em nossa sociedade, visando a estimular a reflexão sobre o atual momento vivido pela população global quanto ao enfrentamento à pandemia.

O projeto faz parte da iniciativa MAST em Casa, que reúne um conjunto de ações desenvolvidas para levar conteúdo e conhecimento ao público neste período de isolamento social. A iniciativa vai ao ar toda segunda, no canal do MAST no Youtube.

registrado em:
Fim do conteúdo da página