Ir direto para menu de acessibilidade.
Últimas Notícias > Curso EaD: O céu como marcador do tempo
Início do conteúdo da página

Curso EaD: O céu como marcador do tempo

Curso de Educação a Distância faz parte da construção participativa de um programa de formação em Astronomia para educadores/as em nível de especialização

  • Criado: Terça, 13 de Outubro de 2020, 15h23
  • Acessos: 239

Além de encantadora e instigante, a Astronomia está presente nas diretrizes curriculares da educação básica brasileira e é uma ciência importante na formação de cidadãs e cidadãos conscientes de seu lugar no mundo. Para minimizar as barreiras que dificultam o ensino e a popularização dessa matéria por educadores, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) desenvolveu o Curso de Educação a Distância (EaD) “O céu como marcador do tempo”. A iniciativa, desenvolvida pela equipe da Coordenação de Educação e Popularização da Ciência (COEDU), faz parte da construção participativa de especialização em Astronomia para educadores/as, na modalidade EaD.

A primeira edição acontece nos dias 20 de outubro e 27 de novembro e tem caráter experimental. Esta etapa é direcionada aos profissionais da educação formal que já trabalham em parceria com a COEDU/MAST. Os educadores receberam um convite especial para participar e colaborar com o aprimoramento do curso. Foram recebidas 90 inscrições, superando o dobro de vagas inicialmente disponibilizadas (35).

Serão seis semanas de estudos, diálogos, trocas de impressões e experiências em ambiente virtual de aprendizado. A equipe responsável é formada por uma astrônoma, dois astrofísicos, um professor de Física e uma museóloga.

O curso está dividido em três módulos:

- O Tempo: o que é, qual sua natureza e sua idade. - Céu e Cultura: a importância da observação do céu para diferentes culturas e suas concepções de tempo. - Movimentos celestes aparentes: como os movimentos da Terra e os movimentos celestes aparentes são determinantes na marcação do tempo.

O público alvo: Profissionais na educação não formal, divulgação e popularização da Astronomia e de jornalismo científico e afins.

Sobre o projeto:

A iniciativa faz parte do projeto de pesquisa "A divulgação da Astronomia na colaboração museu-escola", que oferece formação continuada presencial e empréstimos de telescópios a docentes do Rio de Janeiro, desde 2013. Atrelado ao projeto de divulgação científica "Olhai pro Céu", já formou 180 professores e beneficiou 34.160 estudantes na região metropolitana e outros 300 professores no interior.

Em desenvolvimento desde 2019, o curso de especialização em Astronomia na modalidade a distância deverá ser lançado até 2023 e pretende levar formação específica para ainda mais profissionais. Para isso, o plano de trabalho inclui, além do estudo da literatura da área, uma pesquisa de demanda que já foi enviada por e-mail para cerca de 6 mil professores/as do Brasil, e ainda chegará para outros 50 mil até o final de 2020. Além disso, também serão realizados cursos de curta duração na modalidade a distância, que darão subsídios para a construção das disciplinas, como é o caso do curso "O céu como marcador do tempo".

O projeto "A divulgação da Astronomia na colaboração museu-escola" é fomentado pelo Programa de Capacitação Institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), viabilizado com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que garante a dedicação exclusiva de pesquisadoras/es do MAST.

Para mais informações, entre em contato com: formacaocontinuada@mast.br ou josianekunzler@mast.br


registrado em:
Fim do conteúdo da página