Ir direto para menu de acessibilidade.
Últimas Notícias > Tempos de Pandemia: O combate às epidemias do século XX
Início do conteúdo da página

Tempos de Pandemia: O combate às epidemias do século XX

Novo vídeo do projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia conta a história das campanhas de combate às epidemias de febre amarela e varíola no início do século XX

  • Criado: Segunda, 29 de Junho de 2020, 12h17
  • Acessos: 342

Para fazer um exercício comparativo entre o recente enfrentamento da pandemia de coronavírus em Wuhan (China) e as campanhas de combate às epidemias de febre amarela e varíola no início do século XX, a nova edição do Projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia traz uma reflexão com o Henrique Cukierman, professor associado da UFRJ do curso de Engenharia de Computação e Informação e nas pós-graduações do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da COPPE/UFRJ e do Programa de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia - HCTE/UFRJ. Ele ressalta o trabalho visionário de Oswaldo Cruz, seu diretor na época, à frente da Diretoria Geral de Saúde Pública, que resultou no livro “Yes, nós temos Pasteur - Manguinhos, Osvaldo Cruz e a história da ciência no Brasil” (2007).

Clique na imagem para assistir

 

Sobre o projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia

O coronavírus (COVID-19) tem gerado mudanças significativas na vida da população e seus impactos em nossa sociedade ainda não podem ser totalmente dimensionados. Por isso, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) desenvolveu o projeto Ciência e Cultura em Tempos de Pandemia, uma série de debates com especialistas de diferentes áreas das ciências humanas para analisar as repercussões da proliferação do coronavírus em nossa sociedade, visando a estimular a reflexão sobre o atual momento vivido pela população global quanto ao enfrentamento à pandemia.

O projeto faz parte da iniciativa MAST em Casa, que reúne um conjunto de ações desenvolvidas para levar conteúdo e conhecimento ao público neste período de isolamento social. A iniciativa vai ao ar toda segunda, no canal do MAST no Youtube.

registrado em:
Fim do conteúdo da página